Gabarito com comentários da prova do IBGE para Agente de Pesquisa e Mapeamento de 2016

E ai pessoal!

Bom, a prova para Agente de Pesquisa e Mapeamento do IBGE que aconteceu dia 04/09/2016 aconteceu. E nesse post quero fazer alguns comentários acerca desse exame em relação a prova de Geografia.

A prova estava bem tranquila de fazer. Não existiu pegadinhas pelo que pude perceber. A única coisa que falo (sempre) é que se deu melhor quem tinha extremo domínio sobre o conteúdo cobrado. Esse domínio meus alunos tiveram em todo material completo do curso Minha Vaga no IBGE do Geografia Para Concursos.

Porém houveram alguns problemas em relação ao gabarito que a banca disponibilizou. Reparei que 2 questões cabem facilmente recurso. E aqui abaixo estão as justificativas que você poderá usar para pedir:

Eu examinei a prova Gabarito 1. Basta você pegar a prova que você fez e procurar as questões correspondentes. Vamos lá?

Questão 26) O gabarito oficial indica letra A. Porém ao conferir em um documento oficial do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social, coloca Belo Horizonte com base nos dados de 2002 como metrópole nacional. Sendo assim, a resposta seria letra C. Você pode conferir clicando aqui e observar a tabela da página 27.

Questão 29) Em qualquer site da internet que esteja falando sobre os pontos cardeais, colaterais e subcolaterais, você achará a rosa dos ventos com suas respectivas representações. Nas minhas aulas do curso Minha Vaga no IBGE, eu ensinei os pontos subcolaterais. Mas o edital só cobra os pontos cardeais.

Pode ser que se consiga recurso em relação a essa questão. Não custa tentar.

O restante da prova de Geografia está tudo ok e você pode confiar no gabarito oferecido pela CESGRANRIO. Essas duas citadas acima que apresentam problemas. E para pedir recurso, basta clicar aqui para acessar o site da CESGRANRIO.

Para ter acesso a prova e ao gabarito oficial, basta clicar aqui.

Qualquer outra dúvida, basta me falar.

3 Comentários


  1. Oi prof, na sua opinião de acordo com sua experiência, quantos pontos precisamos para passar ?

    Responder

  2. A Hierarquia Urbana muda constantemente mesmo no âmbito do IBGE. E, de acordo com a metologia utilizada, podemos ter duas ou mais classificação.
    Em relação a essa questão, o Atlas Escolar de 2002 mostra RJ como Metrópole Global e BH como Metrópole Nacional.
    Se a Fundação Cesgranrio mantiver o gabarito será lamentável.

    Responder

  3. Professor, lamento mas sou obrigado a discordar de sua análise quanto à questão sobre os pontos cardeais. Não cabe recurso algum. Quando se trata de pontos cardeais obviamente todos os outros pontos de localização estão incluídos. O gabarito e a questão estão corretos
    Houve apenas uma pegadinha, visto que vários candidatos não prestaram a devida atenção no enunciado.
    Não cabe recurso

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *